Confira as tendências de decoração para 2020

A arquiteta Tânia Bueno, parceira da CasaClube, elegeu as principais tendências em decoração para ficar de olho em 2020. Veja:

Mistura de Texturas

A textura em toda a sua variedade é uma tendência de decoração para 2020.

Mistura de Metais

Veremos mais acabamentos metálicos em 2020 e, quanto mais incompatíveis, melhor. A mistura de cobre, latão, ouro e ferro forjado em seus móveis, utensílios e acessórios mantém as coisas interessantes e permite que você brinque com sua paleta de cores.

Mistura de Madeiras

Na mesma linha, você também não precisa se prender a um tipo de madeira. Contraste a madeira escura e clara em sua casa e mantenha a continuidade, combinando os tons com o restante da paleta de cores.

Materiais Naturais

São incríveis, neutros e dão uma sensação instantânea de luxo e estilo a qualquer espaço. A tendência de materiais naturais concentra-se no uso de materiais táteis como rattan, bambu, ervas marinhas e cortiça. Eles são inerentemente mais ecologicamente corretos do que seus colegas artificiais.

Uma das tendências de design mais exclusivas e marcantes para o ano será o design de luxo, com peças artesanais finas.

Cor

Em 2019, a cor verde intensa teve um bom papel em têxteis e acessórios decorativos, mas em 2020 continuaremos a vê-la sem problemas e como parte das impressões, também vimos cores como tons de laranja  e pedras preciosas, esses tons ricos também devem ficar até 2020. Mas, se tivéssemos que escolher apenas uma cor para 2020, seria verde.

Móveis curvos

Popular nos móveis macios curvos dos anos 60, agora se apodera de aparadores e até luminárias suspensas, mas seu retorno aos sofás e assentos faz com que seja uma das tendências de design de interiores mais intrigantes e até cobiçadas. Formas curvas dão a oportunidade de uma conversa, comunicação e fazem com que os móveis pareçam confortáveis e convidativos

Veludos

Uma textura que se destacou no ano passado, mas ainda continua  é o veludo estava em toda a Maison & Objet, na forma de sofás, cadeiras, almofadas e praticamente qualquer outra coisa que pode  ser rotulada como ‘móveis suaves’.