Vitrine de Natal: especialista elege 7 dicas estratégicas para lojistas

Com a chegada do fim de ano, a concorrência no varejo brasileiro se acentua. Em meio a esse processo, ganham preferência do consumidor as lojas que oferecem os melhores serviços e experiências. De acordo com Luciana Locchi, especialista em vitrinismo da CasaClube, é a partir da vitrine que o relacionamento entre marca e público tem início. Com isso, a expert na área elencou 7 dicas estratégicas para ajudar o lojista na composição da vitrine de Natal.

Conte uma história 

Todo mundo gosta de uma boa história e nas estratégias de atração do cliente não é diferente. O  lojista que quiser destacar sua vitrine precisa se valer do apelo natalino para construir uma boa história temática e, dessa forma, “encantar o cliente”. Com isso, experimente apresentar uma cenografia natalina criativa e moderna, seja por meio de um artigo inusitado ou detalhe diferente na decoração. Explore sua criatividade!

Utilize truques 

Elementos que piscam, se movem ou que interagem de alguma forma tendem a chamar mais atenção do público. Se possível, acrescente à cenografia da vitrine animações, decorações com luzes ou elementos robotizados. Além de complementarem a ideia da primeira dica, esses truques darão mais vida e dinamismo ao seu mostruário.

Aproveite o espaço disponível

Ao planejar a composição da vitrine de Natal, é importante pensar também no espaço que se tem disponível para trabalhar. Expor muitos produtos ou mesmo deixar a vitrine vazia são dois extremos que podem prejudicar bastante o visual da sua vitrine. Com isso, exponha os itens certos, como lançamentos ou produtos líderes de vendas da sua loja. 

Harmonize as cores 

Quem acha que o Natal é representado apenas pelas cores verde, vermelho e dourado está equivocado, mas isso também não significa que seja conveniente utilizar todas as cores da época de uma só vez. Para não cometer esse erro na sua vitrine, utilize poucas cores na composição e, de preferência, que transmitam harmonia, sensação de limpeza e organização. 

Cuide da iluminação

Outro erro comum capaz de gerar desconforto visual no cliente é a má iluminação. A iluminação é um dos quesitos mais importantes para criação de um ambiente agradável. Quando não dessa forma, ela desvaloriza a apresentação de produtos, deixando de destacar os itens e pontos focais que se quer deixar em evidência. É importante também que as lâmpadas utilizadas tenham cor e temperatura correspondentes ao contexto da vitrine.

Adeque a decoração

Assim como em qualquer outra data comemorativa, a vitrine de Natal também precisa informar sobre o mercado de atuação da loja. De outro modo, o estabelecimento será facilmente confundido com outro qualquer, o que pode afastar oportunidades de compra. Dessa forma, planeje a cenografia do espelho da sua loja de maneira que ele deixe bem claro a identidade e missão do seu ponto de venda.

Aposte em ideias baratas

Todo mundo gosta de economia, ainda mais se tratando de uma das épocas de maior consumo no ano. Mesmo no Natal, é possível apostar em ideias criativas e rentáveis para seu negócio. Que tal apostar em uma vitrine de Natal mais minimalista, com poucos elementos, ou mesmo adesivos nos vidros ou esculturas realizadas com os próprios produtos da sua loja? São apresentações econômicas e que com certeza vão despertar a atenção do cliente.